Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Japão, gastronomia e cultura

O blog da Yasushi

Japão, gastronomia e cultura

O blog da Yasushi

Sake "Junmai" sabes o que quer dizer?

31.03.15 | Yasushi

256870_401415479923304_1167263116_o.jpg


Tipo: Junmai (Composto de arroz, água e as leveduras somente. Nenhum outro ingrediente é permitido. Chamado também de "Vinho Puro de Arroz") Visual: Cristalino e incolor.
Características: Macio e meio-seco. Notas de frutas brancas com toques florais.
Compatibilização: Acompanha bem pratos leves e levemente temperados. Pode também ser consumido como aperitivo.
Temperatura: Temperatura ambiente ou ligeiramente aquecido.
Bebida fermentada a partir da fermentação do arroz
Ingredientes: Arroz: Deve ser polido, isto é, a parte de fora (impurezas) é removida sobrando somente a parte central do grão (puro amido). O grão final pode ter de 35 a 75% do tamanho original do grão.
Existem aproximadamente 60 tipos de arroz usados especialmente na produção de saquê.
Água: A origem não é tão importante quanto antigamente, graças as tecnologias. Diferentes tipos de água podem ser usados na produção obtendo-se diferentes tipos de saquê.
Koji: É o fungo responsável pela transformação do amido em açúcar.
Levedura: Fungo responsável pela transformação do açúcar em álcool e gás carbônico (fermentação alcoólica)
Principais Categorias de Saquês:


Junmai: Bebida feita somente de arroz, água e fermentos, nada mais.

Podes comprar e ver mais sake's em www.yasushi.pt

www.yasushi.pt

Sabes o que é Salmão selvagem, de onde vem?

31.03.15 | Yasushi

1014706_755967224458089_2662635553815093016_o.jpg

 

 

 

O salmão nasce nos rios e lagos de água doce e só quando atinge a maturidade (pode levar de 2 a 5 anos), é que segue em direção ao mar. Anualmente chegam a fazer milhares de quilómetros, nadando contra as correntes para retornar aos rios onde nasceram, para desovar.

O salmão faz parte de um conjunto de peixes chamados de “peixes azuis”, considerado peixe gordo. O seu consumo é tido como muito benéfico para a saúde uma vez que contém imensas qualidades nutricionais, muito rico em ómega 3, que ajuda a combater o mau colesterol (LDL), anti-inflamatório, entre outras. Isso é verdade quando se consome o salmão selvagem. Infelizmente, muito raramente se encontra à venda.

O alto consumo criou moda e percebeu-se que poderia advir muito lucro nessa fatia de mercado. Surgiu então o salmão de cativeiro, que nada tem a ver com o salmão selvagem! O salmão selvagem apresenta uma carne cor-de-rosa, vive em liberdade no oceano e na época da reprodução sobe para os rios. Este é o verdadeiro salmão, raro, caro, colorido à base de uma dieta composta entre outras coisas de camarão e Krill.

10427675_801521156569362_7400914444713240160_n (1).jpg

 

Mais da metade do consumo mundial de salmão, atualmente, tem como origem viveiros. Esta produção acaba com as propriedades / qualidades nutricionais: Ômega 3, vitaminas A, D, E e complexo B, Magnésio, Ferro.

Os peixes vendidos “aos quilos” e em promoção nos supermercados por preços acessíveis, geralmente, são provenientes da aquicultura. A quantidade de toxinas encontradas no salmão é enorme o que o torna muito prejudicial para a saúde. O problema intensifica-se quando se ingere sem cocção, isto é, cru.

O peixe de aquicultura, a cor alaranjada que apresenta advém de corantes que colocam na água e produtos que incrementam na alimentação. Quando as quantidades, desses aditivos/compostos, são elevadas podem causar problemas de saúde, como por exemplo, visão, alergias e com propriedades carcinogénicas. 100g de salmão produzido em cativeiro, equivale, em toxinas, a 1 ano a consumir produtos enlatados.

O aspeto do salmão de cativeiro, em nada se assemelha ao criado no seu ambiente natural. Alaska Sea Food.

10347074_693530877368391_2804116672911800685_n.jpg

 

Antes de comprar este peixe deve ver a etiqueta/rótulo da embalagem, onde conste o País de origem e se é criado em cativeiro ou não.

O salmão selvagem para crescer leva entre 22 a 30 meses. Os de viveiro são criados em tanques rede (cercos de tela de nylon) com pouco espaço e regime de engorda intensiva. À ração misturam-se altas doses de antibióticos, fungicidas e vermicidas, para evitar doenças e o rendimento da produção.

 

 

www.yasushi.pt

Algas Wakame

26.03.15 | Yasushi

Alga Wakame.jpg

A alga wakame possui propriedades antioxidantes que são particularmente adequados para o nosso ritmo de vida acelerado de hoje. Esta alga remineraliza nosso corpo, e é rico em cálcio, que é facilmente absorvido pelo nosso corpo. Graças ao seu alto teor de vitamina B e C, o wakame promove nossa resistência ao estresse e exaustão.

O wakame é particularmente popular na culinária asiática, especialmente no Japão e é altamente valorizado por seu sabor. A alga wakame purifica o nosso corpo completamente, removendo as toxinas nocivas e o excesso de fluidos que fazem danos orgânicos e estéticos. Portanto, esta alga é frequentemente usada em dietas de emagrecimento e desintoxicação. Graças ao seu efeito purificador a alga é também particularmente adequada para pessoas com pressão arterial elevada.

Devido ao seu poderoso efeito purificante a alga wakame é também muito adequada para estimulara secreção dos rins e do fígado. Purifica e restaura estes órgãos. O wakame promove a secreção dos hormônios no organismo, que contribui ao nosso melhor funcionamento. Esta alga é um cúmplice perfeito para pessoas que querem manter os fluidos em seu corpo em equilíbrio.

 

www.yasushi.pt

Sabes o que é Sake ?

24.03.15 | Yasushi

 

 

imagesAGB9X78F (1).jpg

Sake é uma bebida fermentada tradicional do Japão, fabricada pela fermentação do arroz; bebida geralmente quente e em grandes comemorações, como Ano Novo e cerimônias xintoístas de casamento.

A primeira produção de saquê de que se tem notícia data do século III e ocorreu em Nara, antiga capital japonesa. Diversas regiões do país o produzem, mas a região que leva a fama de fabricar o melhor saquê é o distrito de Fushimi, em Kyoto. Existem hoje em torno de 1.600 fabricantes de saquê no Japão.  Grande variedade de saquês podes encontrar em www.yasushi.pt.

www.yasushi.pt

Atum para sushi

24.03.15 | Yasushi

 

Bluefin o melhor atum para fazer sushi.

O atum é um peixe muito apreciado na alimentação. É um peixe gordo por excelência, 12% de gordura, rica em ácidos ómega 3 e uma contribuição de 200 que por 100 gramas. Pode-se consumir diretamente assado, grelhado, no forno, guisado ou mesmo cru, em carpacciou ou em conserva. Na Andaluzia é típica a preparação de mojam: lombo de atum salgado e seco.
A pesca do atum, intensa há séculos, viu-se amplamente impulsionada pelo uso na gastronomia oriental, principalmente no Japão, onde é muito apreciado para a elaboração do sushi, do sashimi  e do tataki , pratos hoje divulgados em outras culturas. Atualmente, é exportada para o Japão cerca de 70% das capturas realizadas no Mediterrâneo, a preços que atingem os 100 euros/kg.
Em Portugal a única empresa que vende por encomenda é Keta-Foods, Lda. Tel 219246688.

Toro.jpg

 

www.yasushi.pt

Pág. 1/2